Publicado em 29 de junho de 2018 às 10:39

Hospital Regional de Ponta Porã registra atendimento a mais de 21 mil pacientes no primeiro semestre de 2018

Ao todo, foram realizados 33.981 procedimentos nestes pacientes

Foram atendidos no Hospital Regional Dr. José Simone Netto (Hospital Regional de Ponta Porã) 21.056 pacientes nos primeiros seis meses deste ano. Ao todo, foram realizados 33.981 procedimentos nestes pacientes, como internação em Clínica Médica, Ortopédica, Cirúrgica, Obstétrica e Pediátrica, cirurgias de médio e pequeno porte no Centro Cirúrgico, Pronto Atendimento, UTI (Unidade de Terapia Intensiva) adulto, exames de Raio-X, Tomografia Computadorizada, Ultrassonografia e Eletrocardiograma.

O Hospital atende a população dos oito municípios da região sul do estado, e conta com 97 leitos, sendo 29 destinados a Clínica Cirúrgica/Ortopédica, 20 para a Maternidade, 16 leitos na Clínica Pediátrica e 32 na Clínica Médica. O HRPP também possui 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), 15 leitos na sala amarela e três leitos no Centro Cirúrgico.

“É a segunda vez que preciso utilizar dos serviços do Hospital Regional, tanto que quando meu bebê adoeceu, pedi para virmos para cá, pois já conhecia o Hospital. O atendimento tem sido muito bom com relação aos médicos, enfermeiros e técnicos. Sem contar a alimentação, que é diversificada, além da limpeza dos leitos que é feita diariamente”, destacou a conselheira tutelar Janaína Alvares, 23 anos, moradora de Antônio João, que está acompanhando o filho Pedro Henrique, de 9 meses, que se recupera de uma pneumonia.

A autônoma, Ana Maria Malacarne, 49 anos, já utilizou dos serviços do Hospital por algumas vezes e avaliou como positivo o serviço prestado. “Não tenho o que me queixar, todas as vezes que vim no Hospital Regional após a nova gestão assumir fui bem atendida. Já estive acompanhando minha sogra no ano passado, que sofreu uma fratura na perna, e também meu esposo, que sofreu princípio de infarto agora esse mês. Só tive experiências positivas, tanto na parte do atendimento, medicamentos, comida e cuidados com os pacientes”, conta.

“Tive meus dois filhos de parto normal aqui no Regional. Sem dúvida os médicos foram bem atenciosos e me deram medicamentos na hora da dor, as enfermeiras vinham a todo o momento escutar os batimentos cardíacos do bebê. Essa atenção e cuidados fazem a diferença para nós pacientes”, disse a dona de casa Valéria Pereira da Silva, de 21 anos.

O Diretor Geral do HRPP, João Angelo Oselame Hoffmann, explicou que o aumento da demanda mostra uma expansão na unidade. “Essa demanda crescente mostra que o Hospital tem se tornado uma referência na microrregião e a cada dia, mais pessoas procuram a unidade, pois sabem que aqui tem excelência no atendimento. Enfrentamos sim dificuldades, somos um hospital do SUS, mas temos tido um atendimento de qualidade e resolutividade e que tem gerado reconhecimento da população e o aumento dessa procura. Nosso esforço tem sido voltado para melhorar a cada dia mais a qualidade do atendimento à população e na ampliação do atendimento, sempre com a ajuda do Governo do Estado”, disse o diretor.

O HRPP é referência de atendimento da população que vive nos municípios de Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos, Ponta Porã, Sete Quedas e Tacuru.

Atenciosamente,

Leonardo Cremer

(67) 99888 5255

Assessoria de imprensa
L2M Comunicação Integrada

Veja também

Coworking inspirado no porto de Salvador recebe tratamento acústico decorativo da Trisoft Projeto assinado por arquiteta e designer de interiores traz reflexões sobre o transporte de culturas e historicidade que transitam a Baía de Todos os Santos Fonte: Trisoft A Trisoft, maior empresa da América Latina em produção de itens derivados de fibras de garrafas PET, firmou parceria com a arquiteta e design de interiores Thais Vaz, que desenvolveu um coworking inspirado na cultura baiana. Com os elementos acústicos fornecidos pela Trisoft, a profissional combinou uma junção de estruturas metálicas e o concreto, aliados ao uso de cores que remetem aos contêineres, conferindo-lhe padrões para um mobiliário que propõe romper a formalidade dos ambientes de trabalho. Intitulado pela arquiteta como “Doca 31”, o espaço transfere sofisticação e modernidade, por meio de um ambiente que contempla aconchego e acolhimento, estimulando a interação com o espaço através de condições sensoriais que geram relações, conforto e criatividade. Os produtos Trisoft presentes neste ambiente são as Nuvens Decor, Baffles Decor e Revest Frame Decor – confira detalhes abaixo. Nuvem Decor Trisoft As nuvens acústicas são painéis acústicos que aliam alta performance, beleza e leveza aos ambientes. São elementos suspensos que absorvem duas vezes mais os ruídos, podem ser aplicados em quaisquer tipos de ambientes, e contribuem com a estética dos espaços aéreos dos projetos de arquitetura. Os produtos oferecem segurança, são 100% recicláveis, fabricados com lã de PET, não mofam com a umidade, atuam como isolante acústico, fáceis de transportar e instalar, resistentes ao fogo e autoextinguível (Classificação II-A IT 10 do Corpo de Bombeiros), e podem ser aplicados em quaisquer tipos de ambientes internos. BafflesDecor Trisoft Aliam beleza, funcionalidade e versatilidade em projetos de design de interior. São elementos suspensos que absorvem duas vezes mais os ruídos. Produzidos em lã de PET, são indicados para ambientes que necessitam de tratamento acústico como restaurantes, praças de alimentação, shopping centers, salas de aula, salas comerciais, saguões de hotel, salões de aeroportos, etc. Devem ser aplicados abaixo do forro, verticalmente, através de cabos reguláveis respeitando as indicações do projeto acústico, em ambientes internos. Os produtos oferecem segurança, são 100% recicláveis, fabricados com lã de PET, não mofam com a umidade, atuam como isolante acústico, fáceis de transportar e instalar, resistentes ao fogo e autoextinguível (Classificação II-A IT 10 do Corpo de Bombeiros). Revest Frame Decor Indicado para revestimentos de paredes melhoram a inteligibilidade do som, reduzindo a reverberação no ambiente. A junta seca dos painéis proporciona ótimo acabamento estético, ideal para quem busca flexibilidade de projeto e personalização de ambientes. Além da absorção sonora o Revest Frame também contribui como elemento decorativo, em diversas cores, com opções lisas e estampadas. São resistentes ao fogo e autoextinguível (Classificação II-A IT 10 do Corpo de Bombeiros), e podem ser aplicados em quaisquer tipos de ambientes internos. SAC Trisoft:+55 (11) 4143-7900| www.trisoft.com.br

06/11/2018

Comentários